II Encontro Internacional de Falcoaria reúne falcoeiros na Argentina

Falcoeiros de vários países discutiram técnicas e perspectivas da arte na América do Sul Veja as fotos do evento aqui. Realizado no Balneário Municipal de Colonia Baron, na província de La Pampa, o II Encuentro Internacional de Cetreria reuniu falcoeiros de vários países na Argentina entre os dias 20 e 22 de junho. Ao todo, mais de cem pessoas acompanharam as atividades que incluíram palestras, debates, atividades de caça e confraternizações entre os participantes e a comunidade local. Declarado como de interesse turístico pelo Ministério de Turismo da Nação e pela Secretaria de Turismo de La Pampa, o encontro recebeu falcoeiros brasileiros, uruguaios, paraguaios e chilenos, além do vice-presidente da Associação Internacional de Falcoaria, IAF, Ralph Rogers. A abertura oficial foi realizada sexta-feira, 20, com participação do Secretário de Turismo de La Pampa, Santiago Amsé, da prefeita de Colonia Baron, Mónica Stadler e outras autoridades argentinas. A cultura local foi exaltada com a apresentação do “El grupo de danzas tradicionales de los alemanes Del Volga “Meine Leute””, de La Pampa, e através das refeições, em que foram servidos pratos tradicionais da gastronomia argentina como o churrasco de leitão de fogo de chão. Durante os três dias de evento, diferentes horários de vôo permitiram que os participantes acompanhassem aves de várias espécies entre águias, gaviões e falcões. Diferente do que acontece no Brasil, a caça é permitida na Argentina, cada província dá a sua atenção às espécies que podem ser capturadas. Em La Pampa, por exemplo, podem ser abatidas perdizes e lebres, estando protegidos garças, patos e quero-queros.  No período da noite, palestras permitiram a discussão de questões relacionadas à legislação, preservação de aves de rapina, técnicas de falcoaria e de reprodução dos rapinantes e à realização do encontro internacional do IAF em Posadas, Misiones, em 2015. A Argentina será o primeiro país sul americano a receber o evento. O público geral, formado por pessoas de todas as idades, famílias, falcoeiros novatos e experientes, pode assistir ainda às apresentações de falcoaria realizadas com gaviões asa de telha e águias chilenas, técnicas de lure-fly, desenvolvidas com falcões aplomados, e ao campeonato de falcoaria, realizado no último dia do evento que contou apenas com a presença de aves de baixo voo. A noite de sábado, 21, foi marcada pela premiação do concurso de fotografia e pelas apresentações de artistas locais com demonstrações de danças e músicas folclóricas argentinas. No encerramento, no almoço de domingo, 22, foi realizado sorteio em que foram distribuídas camisetas, bonés, luvas de falcoaria, apitos e outros acessórios.